06/05/2022 às 10h46min - Atualizada em 06/05/2022 às 10h46min

PREFEITURA DE QUEDAS DO IGUAÇU FARÁ REALIZAR O 2º LEILÃO DE MÁQUINAS E VEÍCULOS NO MÊS DE JUNHO

Os preços foram estabelecidos previamente por uma comissão de avaliação, designada pelo Executivo Municipal

Clic Paraná
Carlos Lins
Comissão de avaliação e prefeito Elcio Jaime da Luz
No dia 03 de junho, a partir das 09h da manhã, a  Prefeitura de Quedas do Iguaçu  realizará  o 2º Leilão para venda de diversos veículos e máquinas consideradas inservíveis para o patrimônio público.

 

Desde ônibus, retro escavadeira, veículos utilitários, sucatas de caminhões, um trator de pneu, um trator de esteira, além do madeiramento de dois barracões, com aproximadamente mil metros quadrados.   


Os preços foram estabelecidos previamente por uma comissão de avaliação, designada pelo Executivo Municipal.

Os  itens serão expostos para visitação nas dependências do pátio de máquinas, no Bairro Santa Fé, saída para Espigão Alto, a partir da  próxima semana.  Este será o 2º leilão da gestão do prefeito Elcio Jaime e a expectativa é de que todos os itens atraiam interessados e compradores de toda a região.



 
MAIS DE 7 MILHÕES DE REAIS  EM  PRECATÓRIOS: este é o valor que o município de Quedas do Iguaçu precisará desembolsar até o final de 2022 para quitar dívidas com precatórios que deixaram de ser pagos pelas gestões anteriores (Jacaré e Marlene). 

O pagamento destes precatórios é resultado de ações judiciais movidas contra o município em gestões passadas por fornecedores  que recorrem à justiça para garantir pagamentos não efetuados.   

E agora, na gestão do prefeito Elcio Jaime  terão que ser pagas, ou o Tribunal de Justiça decreta intervenção no município. Isso representa um freio nos investimentos com recursos próprios. 

A prefeitura vai ter que retirar uma fatia grande do que poderia estar investindo em melhorias nos serviços à população e que agora terão que ser destinados exclusivamente ao pagamento desta divida de precatórios,  por irresponsabilidade dos prefeitos anteriores.   

As dívidas terão que ser pagas até o final do ano e são decorrentes de ações  julgadas em ultima instância, ou seja, não existe mais possibilidade de recurso. Outro valor significativo que terá de ser pago é sobre a cobrança da taxa de iluminação pública, cujo valor passa de 300 mil reais

Tem precatório com valores acima de um milhão de reais.   

“Se a justiça encerrou os processos agora, vamos ter que cumprir as determinações.  É assim, nossa administração, infelizmente, terá que cobrir mais uma dívida de outras gestões”, desabafou o prefeito Elcio Jaime, durante entrevista no J7 da Rádio Internacional


Notícias Relacionadas »
Comentários »