31/01/2022 às 09h49min - Atualizada em 31/01/2022 às 09h49min

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DIVULGA DADOS SOBRE O DÉFICIT HABITACIONAL DE QUEDAS DO IGUAÇU

O déficit habitacional do município alcança a extraordinária cifra de 2 mil e 400 habitações, de acordo com levantamento

Clic Paraná
Carlos Lins
Foto Ilustrativa
Desde o início da sua gestão, o prefeito Elcio Jaime da Luz  tem se reportado à questão habitacional do município e fazendo gestões  junto ao Governo do Estado para a  execução de um ousado plano Habitacional que constitui na construção de 500 moradias em 4 anos.

O déficit habitacional do município alcança a extraordinária cifra de 2 mil e 400 habitações, de acordo com levantamento efetuado pela Secretaria de  Assistência Social da Prefeitura, em novembro de 2021, em conformidade com sistema da COHAPAR. 

Mas, para viabilizar o estoque de moradias e atender as necessidades das famílias de baixa renda, a Prefeitura necessita de terrenos e, atualmente, o poder público não possui áreas de terra suficientes para executar o projeto habitacional.   

Deste modo, o município  procurou firmar parceria com a empresa ARAUPEL, que dispõe da fração ideal  de terreno, todavia  parte da extensão está ocupada de forma irregular por famílias de sem teto.   

O terreno a que nos referimos está localizado às margens da estrada municipal, sentido Linha Tapuí, proximidades do IFPR (Instituto Federal do Paraná), local onde foram erguidos centenas de barracos, ocupando um espaço de aproximadamente 15 hectares, inclusive parte de área protegida (APP) na chamada “Invasão do Jagoda”. Neste espaço, a Prefeitura pretende construir casas populares, através do programa Casa Fácil do Governo do Paraná, onde a Cohapar financia diretamente a construção de casas para famílias com renda de um a seis salários mínimos e é  executado em áreas doadas pelo município. 

Outro projeto do Governo do Estado na área habitacional e que será executado em Quedas do Iguaçu é o Condomínio do Idoso, através do Programa Viver Mais Paraná, voltado às pessoas idosas. São condomínios com toda a infraestrutura para atender exclusivamente pessoas de baixa renda, com mais de 60 anos.

Notícias Relacionadas »
Comentários »