13/08/2021 às 11h55min - Atualizada em 13/08/2021 às 12h20min

Perda de visão: como identificar os primeiros sinais de catarata

Vista embaçada, esbarrões constantes em móveis, dificuldade de colocar a linha em uma agulha. Esses sinais podem indicar o momento de procurar um oftalmologista

DINO
https://www.centraldavisao.com.br/
Mulher tentando colocar linha em uma agulha


Vista embaçada, esbarrões constantes em móveis, dificuldade de colocar a linha em uma agulha. Esses sinais podem indicar o momento de procurar um oftalmologista.

A doutora Bárbara Clemente, cirurgiã oftalmologista especialista em catarata (CRM 169506 SP e RQE 74181), lembra que a partir dos 50 anos é importante consultar-se anualmente para identificar qualquer alteração na visão, mas que há alguns indicativos que não podem ser ignorados. Abaixo, cinco sinais principais que, na opinião da dra. Bárbara, podem indicar alterações na visão e devem a acelerar a busca por ajuda médica:

1 - Sensação de visão embaçada: é como se uma neblina cobrisse o olhar permanentemente;

2 - Halo em torno de luzes: a pessoa enxerga um arco luminoso circundando lâmpadas, faróis e outras fontes de luz;

3 - Dificuldade de enxergar à noite: ao anoitecer, a pessoa tem mais dificuldade para dirigir e enxergar formas;

4 - Alteração na percepção de cores: a pessoa confunde com frequência branco com amarelo ou cinza, por exemplo;

5 - Alterações no dia a dia: durante os afazeres domésticos, como lavar louça, varrer a casa ou até andar entre os cômodos, a pessoa deixa de ver pequenos pontos de sujeira ou cantos de móveis, nos quais passa a esbarrar com mais facilidade.

"A prevenção é fundamental para detectarmos problemas de visão que estão começando, evitarmos sua piora e iniciarmos rapidamente o tratamento da catarata e de outras doenças oculares. Diante de qualquer sintoma como esses de forma recorrente, não deixe de procurar um oftalmologista. Muitas vezes a solução é mais fácil e acessível do que você pensa", reforça a médica.

A catarata é uma das principais causas de deficiência visual reversível no mundo e acomete principalmente idosos. De acordo com a Central da Visão (www.centraldavisao.com.br), empresa criada para tornar mais acessíveis cirurgias e tratamentos oftalmológicos, e gerar impacto social positivo, a decisão de procurar atendimento oftalmológico e realizar a cirurgia de catarata é, em geral, tomada de forma compartilhada pela família.

"Muitas vezes, o idoso demora a perceber que possui problemas para distinguir cores, que está esbarrando com mais facilidade em alguns móveis ou que está com dificuldade de enxergar à noite. É comum os familiares procurarem a Central da Visão quando o idoso levou um tombo ou sofreu algum acidente em casa. Queremos ajudar na saúde preventiva, orientando os parentes próximos a identificarem os sinais de baixa visão e procurem ajuda médica", esclarece Marta Gomes Luconi, Diretora Geral da Central da Visão.

Como buscar um oftalmologista

Quem não tem plano de saúde possui uma alternativa com a Central da Visão, que oferece cirurgias e tratamentos oftalmológicos mais acessíveis. Quem preferir recorrer ao SUS deve marcar com um médico generalista, que o encaminhará para um oftalmologista. Cada cidade possui uma rede própria e um tempo específico de fila para as consultas e exames que devem preceder tratamentos e cirurgias.



Website: https://www.centraldavisao.com.br/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...