03/09/2020 às 11h18min - Atualizada em 03/09/2020 às 11h18min

Com apoio do Estado, Boticário terá operação de e-commerce no Paraná

Grupo paranaense vai investir R$ 83,5 milhões em duas unidades de comércio eletrônico que vão operar em todo o território nacional, e de um Centro de Distribuição para atender a região Sul

Clic Paraná
AENp
Foto: RODRIGO FELIX LEAL

O Paraná voltará a ser base de operação do comércio eletrônico do Grupo Boticário no Brasil. Com apoio do Governo do Estado, a companhia vai investir R$ 83,5 milhões para implantar duas unidades de e-commerce, que vão operacionalizar o comércio de cosméticos em todo o território nacional, e também de um Centro de Distribuição para atender a região Sul.

O protocolo que formaliza a inclusão dos empreendimentos no programa de incentivos do Estado foi assinado nesta quarta-feira (02), no Palácio Iguaçu, pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo presidente do Grupo Boticário, Artur Grynbaum. A previsão é que a implantação das novas unidades, em Curitiba e Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana, crie entre 600 e 700 empregos diretos.

Ratinho Junior afirmou que, com os incentivos governamentais, o Paraná está se tornando um estado estratégico para as plataformas de e-commerce. “O Boticário é um patrimônio e uma marca que orgulha muito os paranaenses. A vinda de mais unidades da empresa, toda a parte tecnológica envolvida na área de comércio eletrônico, fortalece muito o Estado e consolida a presença da companhia no Paraná”, afirmou. “O papel do governo é criar um bom ambiente e dar boas condições para atrair novos negócios, ampliando a arrecadação e criando novos postos de trabalho no Estado”, disse.

Artur Grynbaum destacou que o avanço no ambiente competitivo do Paraná foi crucial para a empresa trazer de volta para o Estado suas operações comerciais e logísticas. “O avanço no segmento de comércio eletrônico foi muito grande, o Estado tem uma das melhores configurações em termos de incentivos do Brasil, o que traz a oportunidade para as empresas realizarem seus investimentos aqui”, afirmou.

“Quando se tem as melhores práticas, somadas à localização e a parte logística disponível do Estado, mais a qualidade das pessoas, que são preparadas para trabalhar, cria-se uma equação bastante forte. O Estado se torna imbatível na atração de empresas que pretendem instalar seus centros de distribuição”, salientou.

PROJETOS – A implantação das unidades de e-commerce será feita em duas fases, com investimento de R$ 8,5 milhões. A previsão é que a primeira delas, que comercializará as principais marcas do grupo (O Boticário, Eudora e Quem Disse Berenice), comece a operar já em outubro, com foco nas vendas natalinas. Na segunda fase, está a implementação de uma plataforma de vendas adquirida recentemente pela companhia, que deve iniciar a operação no começo do ano que vem.

O maior investimento é para a instalação do Centro de Distribuição na capital paranaense, na ordem de R$ 75 milhões. Todo o abastecimento das lojas próprias, franqueadas, multimarcas e a venda direta (porta em porta) dos cosméticos da marca no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul será feito através da unidade a partir de 2022.

A previsão é que a primeira plataforma de e-commerce que será instalada no Estado fature de R$ 40 milhões a R$ 45 milhões até o fim deste ano. Com a operação da segunda unidade, a companhia espera atingir um faturamento anual de R$ 270 milhões na área de e-commerce. Na terceira fase, com a implantação do Centro de Distribuição para a Região Sul, a expectativa é de um faturamento na ordem de R$ 1 bilhão.

Presente em 15 países, o Grupo Boticário é uma das maiores redes varejistas do Brasil e conta com mais de 4 mil lojas físicas, além de uma grande presença no comércio eletrônico e na venda direta. As marcas de cosméticos da holding trabalham com aproximadamente 6 mil produtos.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o vice-governador Darci Piana; os diretores Tributário, Gustavo Bizinelli; e de Assuntos Institucionais e Planejamento do Grupo Boticário, Eduardo Fonseca; os secretários de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge; e do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Márcio Nunes; o diretor de Internacionalização da Invest Paraná, Giancarlo Rocco; o diretor de Assuntos Econômicos e Tributários da Secretaria de Estado da Fazenda, Gilberto Calixto; o diretor Comercial da Sanepar, Elerian Zanetti; o diretor de Indústria e Comércio de Campina Grande do Sul, Frederico Bernardi; e o deputado estadual Hussein Bakri.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...