11/03/2020 às 08h40min - Atualizada em 11/03/2020 às 08h40min

Curitiba merece uma eleição disputada, não por WO

ARTIGO - Fábio Aguayo

Clic Paraná
Ronildo Pimentel
Vista aérea do Teatro do Paiol, em Curitiba Foto: Daniel Castellano/SMCS
Estamos chegando na reta final para filiações partidárias, daqueles que planejam disputar as eleições de 4 de outubro. O momento é ideal para avaliações e conclusões – acredito que Curitiba ter a eleição mais disputada de sua história e de todas as capitais do Brasil.
 
Mas, porquê isto? A imagem de arrogância e prepotência do atual ocupante do Palácio 29 de Março chama a atenção. Em determinados momentos, transmite a ideia de que é imbatível. Mas, engana-se quem pensa que são só as aparências.

Nosso prefeito tem atuado nos bastidores para tirar do páreo os concorrentes com mais capilaridade eleitoral. Se ele quer ganhar a eleição, que tenha todos os atores. Não pode tentar usar a máquina ou estatais como canhão para tirar seus concorrentes.

Estes movimentos tem ganhado destaque na mídia. O portal Plural revelou uma fake news sobre articulação do governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) para tirar Ney Leprevost (PSD) da candidatura, sob o argumento de que o mesmo exerce um bom papel como secretário da Justiça e da Família.

O prefeito, que quer vencer por WO, também estaria usando o vice contra a candidatura de Leprevost. Na linha de tiro dele também entra o Delegado Francischini.

Senhor prefeito, deixa o povo decidir, não as armações de bastidores.

* Fábio Aguayo é presidente da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar)
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...