24/01/2020 às 11h54min - Atualizada em 24/01/2020 às 12h03min

Benefícios de optar pelo cartão pré-pago para quem pretende viajar nas férias

Na comparação com um cartão de crédito, o pré-pago oferece mais controle, segurança e menos burocracia

DINO
https://www.uzzipay.com/

A melhora recente da economia do país tem animado os brasileiros a viajarem no período de férias. O número de viagens dentro das fronteiras do próprio Brasil ilustra que as pessoas não têm adiado a vontade fazer um turismo.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), entre janeiro e julho do ano passado foram registradas altas no número de desembarques de passageiros em voos nacionais.

E ao contrário do que se poderia imaginar, as viagens para o exterior também têm crescido. Neste caso, nem mesmo a alta recente do dólar e outras moedas têm afugentado as pessoas a realizarem o sonho de conhecer outro país.

Segundo a Anac, somente no primeiro trimestre de 2019, 887 mil pessoas viajaram do Brasil para a Europa. O número foi um recorde, sendo considerado o maior para o período desde o início da série histórica, no ano 2000. Ou seja, os indicadores mostram que a tendência é que em 2020 as pessoas continuem viajando.

E uma das principais dúvidas do público que costuma viajar é em relação a como realizar o pagamento dos gastos na viagem. Nesse momento, muitas pessoas acabam optando pelo tradicional cartão de crédito. O que muita gente não sabe, porém, é que o uso do crédito pré-pago traz várias desvantagens em relação a outros métodos.

No caso de viagens nacionais, em que não é preciso realizar câmbio, o perigo de usar um cartão de crédito é o descontrole. Por ser um método de pagamento bastante simples, é muito comum que viajantes acabem exagerando e passando tudo no crédito. Em casos assim, a fatura acaba não encaixando na renda mensal e precisa ser parcelada, o que acaba acionando os chamados juros rotativos.

Em viagens ao exterior, o uso do cartão de crédito pode ser ainda pior. A conversão das compras feitas no exterior com cartão de crédito é realizada somente no dia do fechamento da fatura, por exemplo. A regra, que será mudada somente em março desse ano, também dificulta o controle dos gastos, já que o valor do câmbio pode aumentar no futuro, trazendo bastante imprevisibilidade.

Márcio Barnabé, Chief Marketing Officer da UzziPay, fintech que alia tecnologia e sustentabilidade, defende que cartões pré-pagos são uma melhor opção em viagens internacionais do que os cartões de crédito. Márcio pontua que, apesar da taxa de IOF que incide sobre os dois ser a mesma, no caso do primeiro a conversão da moeda é feita no dia da compra realizada no exterior, e não no fechamento da fatura, prática que muitos bancos ainda fazem, deixando o consumidor à deriva do preço do dólar flutuante.

"Para quem costuma se planejar bastante financeiramente, utilizar cartões pré-pagos é bem mais vantajoso. Muitos turistas optam pelo cartão de crédito mais pelo costume e, por isso, não colocam na ponta do lápis as desvantagens de realizar pagamentos dessa forma", argumenta Márcio.

Benefícios do cartão pré-pago
Márcio lembra que o cartão pré-pago pode ser usado não apenas por pessoas que vão viajar, mas também por todo tipo de cliente. Ele elenca cinco benefícios que essa modalidade de pagamentos possui:

- Controle financeiro: "Com o cartão pré-pago, você estipula o quanto vai gastar de maneira antecipada, como um celular que precisa ser recarregado para depois ser usado. Isso gera maior controle financeiro, já que a pessoa não aposta no crédito e sabe o quanto está gastando";

- Não é preciso comprovar renda: "Essa modalidade é bastante interessante por não exigir uma comprovação de renda. Portanto, é bastante usada por autônomos e pessoas que estão fora do regime tradicional de CLT, por exemplo";

- É um auxílio na educação financeira de jovens e adolescentes: "O cartão pré-pago tem sido a principal opção para adultos que presenteiam os filhos com um cartão, que deve ser solicitado no nome dos pais. Além de estipular um gasto, o meio de pagamento educa bastante, já que o adolescente ou criança percebe o impacto imediato do dinheiro sendo gasto, ao contrário do crédito, que as preocupações com o pagamento de verdade surgem somente trinta dias depois";

- Serve para negativados: "Por não exigir análise de crédito em órgãos como o Serasa, o cartão pré-pago acaba sendo uma opção para quem está momentaneamente com crédito negado e/ou endividado";

- Segurança: "Outro fator interessante para os cartões pré-pagos é que eles são bastante seguros. Para pessoas que não possuem contas em banco, por exemplo, eles servem como uma alternativa mais segura do que andar com dinheiro vivo. Além disso, o saldo do cartão pré-pago pode ser transferido imediatamente, o que faz com que o cartão não funcione em caso de tentativa de compra, diferentemente dos cartões de crédito. Por último, o bloqueio dele não depende de ligação telefônica, pois é feito diretamente no APP UzziPay".

Cartão pré-pago da UzziPay
A UzziPay, que promove a preservação da Amazônia a cada novo cliente, oferece uma conta digital básica que não possui mensalidade e um cartão pré-pago internacional da bandeira Mastercard sem a cobrança de anuidade. Também não há consulta de CPF para ter acesso ao cartão pré-pago.

"Além de atuar com o conceito inovador de preservação colaborativa, a UzziPay entende que o brasileiro precisa ter opções sem burocracia. Foi essa união que fez com que a nossa fintech existisse. Então, quem abre uma conta conosco está colaborando com o meio ambiente e também consegue receber uma excelente opção para pagar por seus serviços e produtos", finaliza Márcio Barnabé.



Website: https://www.uzzipay.com/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...