23/01/2020 às 15h54min - Atualizada em 24/01/2020 às 00h00min

GRU Airport fecha com quase 43 milhões de passageiros em 2019

Números de 2019 foram analisados pelo Portal Aviação Brasil através de um processo completo de Business Intelligence

DINO
https://aviacaobrasil.com.br
Foto: Alexandre Barros

O Aeroporto Internacional de São Paulo, GRU Airport, fechou 2019 com um total de 42.908.454 passageiros embarcados e desembarcados. Isso representa um acréscimo de 2,67% se comparado a 2018. Os números computados são de voos regulares e charters de passageiros, somente em companhias aéreas, excluindo táxi aéreo. Os números da ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil foram analisados pelo Portal Aviação Brasil através de um trabalho analítico completo em sua base de dados.

O embarque doméstico teve crescimento de 4,2%, com um total de 14.082.080 passageiros embarcados. Isso representa 14,46% dos embarques em todo o país. No internacional houve ligeira queda de 0,4% com um total de 7.379.570 passageiros embarcados, o que representa 61,34% dos embarques internacionais no Brasil.

No desembarque doméstico a alta foi de 4,4%, com 14.239.042 passageiros desembarcados. Enquanto isso, 7.207.762 desembarcaram em Guarulhos vindos do exterior, ligeira queda de 0,31%.

Vamos aos destaques:

No embarque doméstico, nos doze meses, a Latam embarcou 44,96% dos passageiros, seguida pela Gol (34,43%), Azul (14,24%), Avianca Brasil, que nos quatro meses que operou em 2019 contabilizou 5,92% dos embarques em Guarulhos, e a VoePass, com 0,45% dos embarques. Considerando somente o último mês de dezembro de 2019, sem a Avianca Brasil, o market-share de embarque doméstico no GRU Airport apresenta os seguintes números: 48,80% - Latam; 36,10% - Gol; 14,97% - Azul; 00,14% - VoePass.

Os 10 principais destinos domésticos com seu percentual do total são: Porto Alegre (8,27%); Recife (6,99%); Salvador (6,90%); Fortaleza (6,45%); Curitiba (5,86%); Belo Horizonte (5,70%); Brasília (4,88%); Florianópolis (4,82%); RJ Galeão (4,07%) e Foz do Iguaçu (3,37%).

No embarque internacional, nos doze meses, o market-share do Gru Airport está distribuído da seguinte forma: 33,11% - Latam Brasil; 7,23% - Gol; 6,09% - American Airlines; 4,24% - United Airlines; 3,84% - TAP Air Portugal; 3,47% - Copa Airlines; 2,66% - Delta Airlines; 2,61% - Air France; 2,43% - Latam Chile; 2,41% - Alitalia; 2,35% - Aerolineas Argentinas; 2,20% - Emirates; 1,81% - Avianca; 1,73% - Qatar Airways; 1,69% - KLM; 1,68% - Lufthansa; 1,64% - Iberia; 1,58% - Air Canada; 1,55% - Swiss; 1,50% - Latam Paraguay; 1,41% - British Airways; 1,40% - Turkish Airlines; 1,37% - Air Europa; 1,30% - Aeromexico; 1,14% - Latam Argentina; 1,02% - Avianca Peru; 1,02% - Ethiopian Airlines; 1,01% - Latam Peru; 0,84% - South African Airways; 0,82% - Avianca Brasil (deixou de voar em abril); 0,80% - Boliviana de Aviacion; 0,59% - TAAG Angola Airlines; 0,57% - Royal Air Maroc; 0,50% - SKY Airline; 0,32% - Air China; 0,08% - Austral Lineas Aereas; e não chegaram a 0,00%, apesar de terem transportados alguns passageiros internacionais, as empresas Corendon Airlines, Azul Linhas Aéreas, Andes Lineas Aéreas, Sideral Air, Paranair, SKY Airline Peru e Hillwood Airways.

Os 10 principais destinos internacionais com seu percentual do total são: Buenos Aires - Ezeiza (9,64%); Santiago (9,62%); Miami (6,27%); Madrid (4,79%); Lisboa (4,21%); New York - JFK (4,18%); Paris (4,17%); Lima (3,56%); Panamá (3,47%) e Frankfurt (3,30%).

Se considerados apenas os países, os 10 principais, com seu percentual do total, são: Estados Unidos (20,40%); Argentina (12,10%); Chile (9,63%); Espanha (6,04%); Portugal (4,64%); França (4,17%); Itália (4,02%); Peru (3,56%); Panamá (3,47%) e Alemanha (3,30%).



Website: https://aviacaobrasil.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...