22/01/2020 às 09h10min - Atualizada em 22/01/2020 às 09h10min

Donos de bares e restaurantes de Curitiba recebem cartilha para não cair em golpes

Boa Noite Paraná da RPC destacou ação da Abrabar para conscientizar a categoria

Clic Paraná
Ronildo Pimentel
Golpista paga com nota maior e depois confunde o operador do caixa com notas menores para levar a mais no troco Foto: Reprodução
No ano passado, muitos comerciantes foram alvos de golpes, tiveram prejuízos e resolveram dar um bastas nestes picaretas e caras de pau que agem por aí. A informação é do repórter Wilson Kirsche da RPC TV ao abordar a elaboração de uma cartilha pela Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar), para alertar a categoria.

O documento lista os golpes e traz dicas de prevenção, destaca o reportagem, que foi ao ar no início da noite desta sexta-feira (17) pela Rede Globo. A equipe visitou bar de uma rede onde a malandragem andou fazendo a festa. Foram cinco golpes nos últimos meses, dois deles registrados pelo sistema de monitoramento de vídeo do estabelecimento.

"Neste, o golpista pagou com nota de R$ 100, depois ofereceu dinheiro mais trocado", contou o repórter. O vendedor ficou confuso com o vai e vem de notas e acabou entregando mais dinheiro do que devia ao golpista.

Em outro vídeo, um homem bem vestido aparece se passou por gerente de um restaurante vizinho, que supostamente estaria no sufoco sem chopp para atender a clientela. Com a ajuda de outro rapaz, pegou dois barris emprestados, prometendo devolver logo depois e desapareceu.

A maquininha de cartão do bar também foi alvo dos marginais. Eles conseguiram enganar a caixa simulando o pagamento numa hora de casa cheia. "Como é um golpista, ele não vai digitar a senha, vai simplesmente digitar o botão de enter", relata o gerente Marcelo de Siqueira. 

Neste momento a máquina vai imprimir um comprovante. "Mas este comprovante, é na verdade um dizendo que a venda não foi autorizada. Só que ele daí tira o cartão fala que não precisa do comprovante dele e vai embora", completa o gerente.

Alcance
A cartilha, elaborada em conjunto com a Câmara Setorial de Gastronomia da Associação Comercial do Paraná (ACP), está sendo distribuída para 16 mil bares, restaurantes e casas noturnas. O informativo lista 19 golpes aplicados recentemente no comércio", informa o repórter da RPC. 

Também dá algumas dicas para os empresários. Por exemplo, "desconfie de ofertas generosas", "procure tratar pessoalmente de assuntos financeiros" e "não seja ingênuo, dinheiro fácil não existe". "Nós estamos fazendo a nossa parte", diz Fábio Aguayo, presidente da Abrabar. 

"Agora vamos tentar qualificar os trabalhadores em áreas que são abordadas por estes golpistas, para que tenham uma prevenção e façam uma checagem antes de tomar qualquer iniciativa", informa.

A Abrabar não tem uma estatística de casos só de Curitiba, mas cita um levantamento nacional sobre o assunto. A cada cinco segundos, tem alguém tentando aplicar um golpe no comércio. "Um alerta que vale para todo mundo", completa o repórter da RCP.

Golpes
Entre os mais conhecidos estão o da passagem aérea, do empréstimo e financiamento em nome do falecido, do pecúlio, do falso sequestro, de parentes em dificuldades, consórcio, falso gerente de banco e do bilhete premiado.

Ainda a promoção de programa de TV, da mensagem premiada via celular, da empresa de telefonia, da pirâmide ou programa de ajuda mútua, da ação judicial, da cópia da carteira de identidade, da inspeção de saúde, bancário e renegociação de empréstimo.

A cartilha está disponível para baixar no site www.sindiabrabar.com.br


Link da reportagem
https://globoplay.globo.com/v/8245509/?utm_source=whatsapp&utm_medium=share-bar
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...