26/11/2019 às 13h32min - Atualizada em 26/11/2019 às 13h32min

Grupo inicia trabalho contra borrachudos em Sede Alvorada

Produtos e forma de aplicação serão entregues aos agricultores, que já vão começar a aplicar nos rios de suas propriedades

Clic Paraná
Pedro de Brito Sarolli
Imagem Ilustrativa
 

O Comitê Gestor para o controle dos borrachudos em Cascavel realizará nesta terça (26), às 8h, na Casa de Retiros (BR-467, km 99), a entrega do projeto de controle de borrachudos nas mãos dos agricultores de Sede Alvorada, distrito de Cascavel. Serão entregues a forma de aplicação e dos produtos, além de já iniciar o trabalho de controle nos rios.  

O grupo de trabalho é formado por diversas entidades, entre elas o Sindicato Rural de Cascavel, a Prefeitura de Cascavel, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Agricultura, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Unioeste, Emater, Comder (Conselho de Desenvolvimento Rural de Cascavel) entre outras. O projeto experimental, ou piloto, teve como foco o distrito de Sede Alvorada. Se funcionar, será replicado nas demais localidades.

O foco é na aplicação do BTI, produto de controle biológico do borrachudo. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Wagner Yonegura, nesta reunião de amanhã serão mobilizados os produtores rurais numa extensão de 25 quilômetros do Rio das Antas, iniciando pelo perímetro urbano", detalhou.

“Foi feita medição de vazão para definir a quantidade do produto que será aplicado no rio. Cada proprietário rural estará encarregado de aplicar o produto que será fracionado para a aplicação segura. Nós entregaremos a quantidade necessária para cada aplicação”, disse Wagner.

O trabalho foi iniciado no começo de 2019 com objetivo de encontrar soluções para melhorar a qualidade de vida no campo. Diversos agricultores procuraram as entidades com o intuito de encontrar uma solução, já que a infestação dos insetos está em um estágio considerado insuportável. Além do incômodo, os borrachudos transmitem doenças. “Estamos trabalhando para buscar esse equilíbrio e depois de alguns meses de estudos e pesquisa, encontramos uma boa solução. Agora é trabalho e esperar que funcione para podermos replicar em todos os outros locais com os mesmos problemas”, comentou Paulo Orso, presidente do Sindicato Rural de Cascavel.

 

Legenda: Larvas do borrachudo são facilmente encontradas em rios de Cascavel. Foto tirada em riacho localizado em Sede Alvorada, em outra ação promovida pelo grupo 

 

Explicação para chegada ao local: depois de passar pela Coodetec, fazer o retorno sentido Cascavel e andar até o km 99. Há uma torre como ponto de referência e uma placa "Casa de Retiros". 

Contato do local: Marcio, engenheiro agrônomo e um dos organizadores: (45) 99153-3829.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...