28/10/2019 às 17h25min - Atualizada em 28/10/2019 às 17h25min

BOLSONARO ATENDE PEDIDO DA EMBRATUR E ANUNCIA ISENÇÃO DE VISTOS PARA CHINA

País asiático é o principal emissor de turistas para o mundo, com mais de 140 milhões de viajantes

Clic Paraná
Embratur
Foto: Assessoria de Comunicação da Embratur

A visita da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) à China, há pouco mais de uma semana, já rendeu importantes frutos para o turismo. O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (24), em Pequim (China), a isenção de vistos para entrada de chineses no Brasil. A medida é um desejo do Instituto que aponta o país asiático com um dos principais alvos para estimular a vinda de turistas estrangeiros para o país.

 

A China é o país que mais emite turistas para o mundo, com 141 milhões de chineses viajando ao exterior anualmente. Este número deve ultrapassar a marca dos 300 milhões em 2030, tornando o país asiático o principal alvo do setor. Atualmente, 60 mil chineses visitam o Brasil por ano. O foco da isenção será lazer e negócios.

 

O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, comemorou a decisão do Planalto. “É um passo importantíssimo para o nosso projeto de expandir o número de turistas estrangeiros que visitam o Brasil. Vimos o sucesso que a isenção teve em outros países como os Estados Unidos, por exemplo”.

 

Há quatro meses, o Governo Federal decidiu isentar países estratégicos. Dados preliminares apontam o crescimento da entrada de turistas americanos, canadenses e australianos em 25%.  “O turista internacional movimenta a economia e gera empregos. É preciso estimular sua vinda ao Brasil e, apesar das críticas, vemos o sucesso da medida”.

 

Bolsonaro anunciou ainda que está estudando estender a medida para turistas indianos. “Já há estudos e vamos conversar sobre isso mais para frente”, concluiu o presidente da República, que está em viagem oficial ao Oriente.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...