24/10/2019 às 17h31min - Atualizada em 24/10/2019 às 17h31min

Ações de conscientização sobre o câncer de mama fazem história na Stock Car

Momento mais emocionante foi o da bandeirada cor de rosa, dada por uma paciente em tratamento no CEONC Hospital do Câncer

Clic Paraná
Camila Agner
Fotos: VICAR
A 9ª etapa da temporada 2019 da Stock Car, realizada no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, no último domingo (20), entrou para a história pelas ações de conscientização sobre o câncer de mama, que foram desenvolvidas em parceria com o CEONC Hospital do Câncer.

Já na abertura dos portões, colaboradores do hospital estavam a postos para distribuição de material de conscientização sobre a prevenção da doença, para o público de todos os setores. Também foi realizada entrega de laços cor de rosa, símbolos do Outubro Rosa.

Na largada, um carro, com tonalidades rosa, marcou presença na pista. Havia ainda outras menções a campanha Outubro Rosa, em vários pontos do autódromo, e a todo momento os locutores oficiais da competição lembravam da importância da causa e principalmente da importância dos exames preventivos.



Os momentos mais emocionantes, porém, foram os das bandeiradas das duas rodadas da Stock Car. Pela primeira vez na história da competição, a bandeira quadriculada preta e branca foi substituída por uma com a cor rosa. A responsável pelas duas bandeiradas foi Vanuza Ramos Velho, 50 anos, que está em tratamento contra câncer de mama no CEONC. A mulher, que é maratonista, se emocionou bastante ao participar da ação.

“Eu também sou atleta, então quando dei a bandeirada, lembrei da sensação que eu tenho quando alcanço a linha de chegada. Foi um dos momentos mais emocionantes da minha vida. Eu sei que por estar lá, consegui fazer muitas mulheres pensarem na prevenção do câncer de mama. É muito importante a Stock Car ter apoiado está causa", destaca.

Na primeira corrida, receberam a bandeirada cor de rosa: Felipe Fraga (1º), Gabriel Casagrande (2º) e Cacá Bueno (3º). Na segunda rodada, os vencedores foram: Átila Abreu, Thiago Camilo e Rubens Barrichelo. Nos dois pódios, os pilotos seguraram a bandeira da campanha “Outubro Rosa é todo dia”, numa demonstração de apoio à causa.



O câncer de mama
Segundo dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer), as estimativas de incidência do câncer de mama para o ano de 2019 indicam o surgimento de pelo menos 59.700 novos casos, o que representa 25% dos cânceres em mulheres, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

Para conscientizar mulheres e comunidade sobre o câncer de mama, neste ano, o CEONC Hospital do Câncer realiza campanha denominada “Outubro Rosa é todo dia”, como forma de reforçar a ideia de que para a prevenção, não há mês ou data específica – todos os dias, são dias para se cuidar.

De acordo com o médico oncologista do CEONC, doutor Reno Paulo Kunz, o câncer de mama é facilmente detectado caso a paciente siga a rotina dos exames preventivos. “É importante que a mulher faça as mamografias a partir dos 40 anos e, antes disso, faça o autoexame. Essa também é uma importante ferramenta para o diagnóstico precoce da doença”, indica Kunz.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...