28/07/2019 às 11h14min - Atualizada em 28/07/2019 às 11h14min

‘Questão ambiental só é importante para veganos’, diz Bolsonaro

Bolsonaro fez a declaração ao comentar o desejo de transformar a baía de Angra dos Reis em uma “Cancún brasileira”

Clic Paraná
MSN
© Sérgio Lima Bolsonaro ainda disse que na próxima 4ª feira (31.jul), haverá 'surpresas' relacionadas ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) por causa de dados sobre desmatamento
O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (27.jul.2019), depois de participar de evento militar no Rio de Janeiro, que apenas “veganos que só comem vegetais” se importam com a questão ambiental.
 

Bolsonaro fez a declaração ao comentar o desejo de transformar a baía de Angra dos Reis em uma “Cancún brasileira”, dizendo que ninguém se importaria em como a região seria afetada, além dos veganos.

“Só aos veganos que comem só vegetais [é importante a questão ambiental]. A questão ambiental, o mundo cresce com 70 milhões de habitantes por ano, o Brasil com pouco mais de 2 milhões por ano. Outros países com baía não tão exuberante como a de Angra conservam o meio ambiente. Se quiséssemos fazer uma maldade, cometer um crime, nós iríamos à noite ou em um fim de semana qualquer na baía de Angra e cometeríamos um crime ambiental, que não tem como fiscalizar”, disse.

“Me ajudem a fazer a baía de Angra a Cancun brasileira. Só que eu tenho que derrubar um decreto, acreditem, é por lei. Cancun fatura US$ 12 bilhões por ano. O que fatura a baía de Angra? Fatura com dinheiro que vem de cuscuz, cocoroca e água de coco. E o estado do Rio com dificuldades. Vamos fazer da baía de Angra um Cancún. Tem gente de fora do Brasil que a custo zero transforma a baía de Angra talvez na primeira maravilha do Brasil”, planejou o presidente.

Bolsonaro também disse que na próxima 4ª feira (31.jul) haverá “surpresas” relacionadas ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) por causa de dados sobre desmatamento da Amazônia que, de acordo com o chefe do Executivo, não condizem com a verdade e prejudicam o país no exterior.

“É um crime quem fala em preservação ambiental sem ter conhecimento disso. Esses dados do Inpe, semana que vem vocês vão ter uma surpresa”, disse.

“No Brasil, parece que os chefes de Estado e alguns fazem campanha contra a sua pátria. Lula em 2002 disse que Brasil tinha 30 milhões de crianças nas ruas, é uma péssima propaganda contra o Brasil, essa questão ambiental é a mesma coisa. Não estou acusando ninguém, mas queria saber o que une essas pessoas com ONGs internacionais. Não serei o responsável por fazer uma campanha contra o meu Brasil”, acrescentou.

Dados de satélites do Inpe, apontam que mais de 1.000 km² da floresta amazônica foram derrubados na 1ª quinzena deste mês, aumento de 68% em relação a julho de 2018.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...