07/06/2019 às 12h13min - Atualizada em 07/06/2019 às 12h13min

Prefeitos paranaenses querem mais dois anos de mandato

Caso a medida seja aprovada até setembro, a eleição de 2020 será adiada para 2022

Zaqueu Luz
Clic Paraná
Caso a medida seja aprovada até setembro, a eleição de 2020 será adiada para 2022.
Prefeitos paranaenses estiveram em Brasília, para a reunião da Confederação Nacional dos Municípios, com a finalidade de fazer lobby com deputados federais para apoiarem a PEC 6/2019, que unifica as eleições de governador, deputados, prefeitos, vereadores e senadores.
Informações do Blog do Tupan.

ENTENDA A (PEC)
 

Proposta de Emenda Constitucional (PEC) apresentada na Câmara Federal na quinta-feira (11) quer estender os mandatos dos vereadores e prefeitos para que, a partir de 2022, as eleições municipais e gerais sejam unificadas. A iniciativa é do deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC).

 

Em consulta feita pelo parlamentar durante assembleia da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, mandatários dos poderes Executivo e Legislativo das cidades vibraram com a possibilidade de ganhar mais dois anos no poder. 

Isso porque, se aprovada, a PEC cancela o pleito de 2020 e os brasileiros iriam às urnas dois anos depois para votar para presidente, governador, senador, deputado federal, deputado estadual, prefeito e vereador.

O deputado Peninha alega que, com as eleições unificadas, haverá economia de recursos públicos: “Um bilhão de reais. E o povo não aguenta mais tanta eleição. Ano passado, tivemos a de presidente e já está todo mundo pensando nisso novamente”.


 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...