02/12/2016 às 13h58min - Atualizada em 02/12/2016 às 13h58min

Prefeito Eleito de Cascavel – Paranhos (PSC)

Não me envergonho de dizer que sou político. Amo fazer política e sou apaixonado pelas pessoas.

Clic Paraná
Clic Magazine
Deputado estadual Leonaldo Paranhos, prefeito eleito de Cascavel para revista paranaense Clic Magazine
Leonaldo Paranhos da Silva, mais conhecido como Paranhos, Empresário do ramo publicitário e administrador de empresas em Cascavel, Paranhos já possui experiência na área pública. Começou ainda jovem como líder estudantil e em 1997 iniciou a carreira política elegendo-se vereador em Cascavel. Em 2001, passou a ocupar o cargo de vice-prefeito do município. De 2002 a 2006, presidiu o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Paraná (Ipem-PR). Em 2010, foi eleito Deputado Estadual e reeleito em 2014. Em 2016 Paranhos foi eleito prefeito de Cascavel, no oeste do Paraná, com 51,17% dos votos válidos, o que corresponde a 86.099 votos, garantindo a eleição em primeiro turno.



Confira entrevista

Clic – Paranhos conte-nos um pouco de sua trajetória política e de vida.
R: Sou de família humilde. Nasci em Paraíso do Norte, um pequeno município na região Noroeste do Paraná e até meus 14 anos trabalhei na roça, catando algodão e derriçando café. Aos 10 vi meu pai sair de casa. Minha mãe, Dona Preta, criou sozinha os três filhos. Aos 15 anos vim pra Cascavel em busca de novas oportunidades.  O início na política foi espontâneo, na militância estudantil e na liderança comunitária. Em 96 me elegi vereador e em 2000 vice-prefeito. Em 2010 consegui me eleger deputado e em 2014 conquistei a reeleição. As muitas eleições que disputei me ensinaram a ouvir as pessoas, a respeitar o sentimento das pessoas. Não me envergonho de dizer que sou político. Amo fazer política e sou apaixonado pelas pessoas.

Clic – Com qual sentimento você recebeu o resultado oficial em que estava eleito prefeito da maior cidade do oeste do Paraná?  R: Em primeiro lugar, de gratidão a Deus por ter me honrado com a oportunidade de realizar meu sonho. Afinal, fui eleito sem abrir mão das minhas convicções ou ideais. E, claro, sentimento de alegria, mas também de responsabilidade, porque são muitos os desafios a enfrentar.

Clic - Seu slogan de campanha foi: “Eu me preparei para ser o prefeito de Cascavel”.  Que grandes intervenções você fará de imediato após tomar posse? R: Temos algumas prioridades: De imediato um decreto com medidas objetivas e pontuais para combater a corrupção e cortar os desperdícios. E imediatamente colocar em prática diversas ações para melhorar o atendimento à saúde das pessoas. Além disso, também já nos primeiros dias, começar a implantação dos territórios, que vai se configurar numa nova forma de olhar e planejar a cidade.

Clic - Você ocupou cargos no Legislativo e foi vice-prefeito, mas sabe que agora na prefeitura a pressão é maior, as cobranças serão maiores. Como pretende lidar com isso? Com a mesma postura que sempre adotei, de franqueza, seriedade, transparência e coragem.
Clic - Um dos carros-chefes da sua campanha foi saúde pública de qualidade e mais perto das pessoas. Em que tempo a população sentirá os reflexos dessas ações? Temos ações de curto, médio e longo prazo. As primeiras ações já serão imediatas e rapidamente serão sentidas positivamente pela população. A solução de todos os problemas não virá da noite para o dia, mas rapidamente vamos conseguir melhorar os serviços.

Clic – Projeto Antidrogas sempre foi sua bandeira social. Como será seu tratamento aos moradores de rua e dependentes químicos? R: Planejamos isso e o tratamento se resume a três palavras: respeito, atenção e amor. Vamos resgatar essas pessoas e, ao mesmo tempo, iniciar um combate duro, implacável ao tráfico, num trabalho coordenado entre as forças de segurança e a sociedade. Essa é uma luta de todos!
Clic – Eleição é igual novo ano, muitos esperam transformação imediata. Dá para dividir o que pode ser feito a curto e longo prazo? Sim, é perfeitamente possível e já planejamos isso. Temos uma equipe de transição trabalhando desde o fim do período eleitoral, levantando problemas e possíveis soluções.

Clic - Como pretende dialogar com a oposição, os partidos que foram adversários durante a campanha? Como sempre fizemos. De forma respeitosa. Aliás, já fizemos isso após o resultado. Liguei para todos os candidatos para conversar. A eleição acabou. Todos têm algo positivo para oferecer a Cascavel. Todos nós vivemos na mesma cidade e queremos o melhor pra ela. Acho que esse é o ponto de convergência.

Clic – Já definiu como será composta a equipe de governo, está certo algum nome? R: Sim, já temos a maioria dos nomes definida. Vou anunciar no momento oportuno.

Clic – Como tem sido seus últimos atos na Assembleia, já que deve renunciar ao cargo em dezembro para assumir a Prefeitura? R: De muito trabalho. Reassumimos o mandato logo após as eleições e não paramos de trabalhar. Tínhamos vários projetos para encaminhar e votar.

Clic – Para encerrarmos. Como é o Paranhos em família e com os amigos? O que isso contribuiu para o sucesso de sua eleição? Não existem dois Paranhos, mas apenas um. Talvez isso ajude a explicar a vitória no primeiro turno. Sou uma pessoa simples e as pessoas não me veem como autoridade. Todos têm liberdade para brincar comigo e falar sobre qualquer assunto. 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...