22/11/2017 às 09h03min - Atualizada em 22/11/2017 às 09h03min

Cascavelenses assinam livro sobre genealogia da família Bachinski

Obra será lançada neste domingo (26) durante encontro da família em União da Vitória

José Augusto Seibt Seide
Clic Paraná
Livro de José Augusto Seide e Vilmar Bachinski apresenta nomes e história dos 452 descendentes diretos de Pedro e Ana Bachinski CRÉDITO Divulgação

“Da Rússia para o Brasil: a Saga de Pedro e Ana Bachinski”. Este é o nome do livro assinado pelos cascavelenses José Augusto Seide e Vilmar Luiz Bachinski que terá seu lançamento oficial neste domingo (26), às 10 horas, em encontro familiar que será realizado no restaurante American Grill, em União da Vitória.

Bachinski de todo o país foram convidados para o evento que coroará o esforço de uma década de Vilmar Luiz Bachinski em busca de informações de sua família paterna. Exceto o jornalista José Augusto Seide (responsável por compilar os dados e escrever os textos do livro), todos os presentes terão laços consanguíneos ou conjugais com descendentes de Pedro e Ana Bachinski, casal que chegou ao Brasil em 1914 com seis filhos.

Em nosso país, o casal teve ainda cinco filhos – um trazido no ventre de Ana durante a viagem de navio que atravessou o mundo. Estes onze filhos geraram 61 netos, 133 bisnetos, 193 trinetos, 59 tetranetos e seis pentanetos. Cada um destes 452 descendentes está mencionado nos 14 capítulos do livro e um deles, Carlos Bachinski, promotor de Justiça da Comarca de Cascavel e primeiro bisneto dos patriarcas, é quem assina o prefácio da obra.

Os dois primeiros capítulos tratam das origens do sobrenome e do contexto histórico da vinda de Pedro e Ana para o Brasil. O terceiro apresenta uma biografia do casal e cada um dos demais capítulos (4 a 14) fala sobre a vida e a descendência dos 11 filhos dos patriarcas que chegaram à idade adulta.

A narrativa do livro também foi pensada em quem não é da família, com detalhes interessantes sobre a história do Brasil e do Império Russo em vários momentos do século XX. Do ponto de vista literário, também é uma obra que vale a pena, pois as histórias de vida dos Bachinski é repleta de acontecimentos curiosos, que vão de intensas confraternizações a dolorosas tragédias.

Foram impressas 1.500 unidades do livro e a intenção dos autores é permitir que cada Bachinski do Brasil, inclusive os mais novos, tenha o seu exemplar de forma que a obra sirva como material de consulta para esta e as futuras gerações. Todos os convidados para o lançamento receberão gratuitamente um exemplar do livro, mas os Bachinski que não tiverem como estar em União da Vitória, cidade onde uma parcela considerável dos familiares reside, também podem receber o seu: basta ligar para (45) 99931-0725 (Vilmar) e informar-se sobre valores e condições de envio.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...