07/10/2022 às 15h28min - Atualizada em 08/10/2022 às 00h00min

Bancos liberaram pagamentos do novo cartão benefício

Bancos já podem oferecer o novo cartão benefício do INSS; empresário comenta impacto da medida para a economia e destaca cuidados a serem tomados pelos segurados

DINO
https://www.youtube.com/joaofinanceira


Os aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) agora podem contar com um novo recurso junto aos bancos de todo o país. O cartão de benefício consignado está disponível desde o dia 19 de setembro e está sujeita a avaliação de cada instituição financeira para prevenir o superendividamento, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

O cartão de benefício funciona como um cartão de crédito, tem desconto direto da folha de pagamento e dá acesso a saques, seguro de vida e auxílio funeral - no valor mínimo de R$ 2 mil cada -, além de descontos em redes de farmácias conveniadas.

A margem dos segurados do INSS foi ampliada no mês de agosto por meio da lei 14.431, que possibilitou o comprometimento de até 40% do benefício com o crédito, sendo 35% com o empréstimo consignado e mais 5% com o cartão de crédito consignado. Agora, somam-se mais 5% com o cartão de benefício, totalizando os 45%.

No início de setembro, a Febraban informou que os bancos BMG, Master, PAN, Santander, Daycoval e Facta foram as primeiras instituições financeiras a oferecer o novo cartão aos segurados da autarquia. 

João Adolfo de Souza, proprietário da João Financeira - portal de notícias focado em informações para beneficiários do INSS -, avalia de forma positiva a oferta de um novo cartão de benefícios consignado para aposentados e pensionistas.

“O novo cartão benefício, usado da maneira correta, pode ser benéfico para os segurados que precisam de dinheiro e não querem um empréstimo com taxas tão altas”, afirma.

“Atualmente”, prossegue, “a taxa do cartão benefício é 3,06%. Comparada a outras linhas de empréstimo a taxa de juros, é barata, especialmente se comparada com crédito pessoal e cheque especial”, pontua. “Esse novo cartão pode liberar valores para saque em dinheiro como também para compras no crédito”, completa.

Atenção a golpes e superendividamento

Na análise de João, o comprometimento de até 45% do benefício com empréstimo consignado é uma porcentagem aceitável quando comparada a outros convênios que possuem margem de comprometimento maior.

Apesar disso, ele ressalta que os beneficiários devem redobrar o cuidado com golpes e fraudes. Afinal, por ter margem disponível, muitos segurados acabam tendo problemas com empréstimos encaminhados sem consentimento. “Por isso, fique atento a sua folha de pagamento, além de, claro, só contratar um empréstimo se for de extrema necessidade”.

Dados da Serasa indicam que o número de endividados com mais de 60 anos passou de 10,7 milhões de pessoas em abril de 2021 para 11,4 milhões no quarto mês deste ano, um acréscimo de 7%. Segundo o órgão, a inadimplência aumentou em todas as faixas etárias. 

Cartão deve movimentar a economia

Na análise do proprietário da João Financeira, a medida deve ajudar a aquecer a economia com consequências imediatas para o mercado. "Mais de 36 milhões de beneficiários vão poder solicitar o cartão pegando um valor para saque e outro para limite de compras, o que, com certeza, deve fomentar a economia brasileira”.

Segundo uma projeção da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), o e-commerce deve alcançar um faturamento de R$ 91,5 bilhões apenas na segunda metade do ano.

Paralelamente, dados da “Pesquisa Consumo 2º semestre 2022” da IM Globo (Inteligência de Mercado Globo), revelam que, até o final do ano, 34% dos entrevistados pretendem gastar com roupas e calçados, 32% com alimentação e bebidas e 26% com educação.

Para mais informações, basta acessar: https://www.joaofinanceira.com.br/blog/ ou assistir a vídeos sobre o tema no canal do YouTube: https://www.youtube.com/joaofinanceira.



Website: https://www.youtube.com/joaofinanceira
Notícias Relacionadas »
Comentários »