14/09/2022 às 11h51min - Atualizada em 14/09/2022 às 13h20min

Conexão de dados alia-se à telefonia e telecomunicação em prol dos novos tempos

Evolução da internet ligada à realidade diária das empresas modernas demonstra ser principal causa

DINO
http://www.conecteltelecom.com.br


A história das telecomunicações tem início na primeira metade do século XIX, com o aparelho que permitia enviar e receber mensagens por letras e números invenção, o telégrafo elétrico. Anos depois, com o surgimento do aparelho telefônico, nasce a possibilidade de emitir comunicação por meio de voz, graças às ondas de rádio. Tais invenções geraram considerável revolução nos hábitos da humanidade. E no decorrer dos anos, o surgimento e a evolução da internet possibilitou o potencial ainda maior nos processos de comunicação entre pessoas de todo o mundo.

Com a missão de prover todo o aporte necessário para a fluida comunicação entre pessoas dos tempos modernos, a telecomunicação, ao aliar-se à internet, desenvolveu-se nos dias de hoje a tal ponto que, em alguns países, a exemplo do Brasil, há mais linhas móveis do que pessoas. E tal fato deve-se à telefonia. Os dados oficiais comprovam. Pesquisa realizada pela ANATEL com 82 mil consumidores em todo o país, entre junho e dezembro de 2021, deixa explícito que os serviços de telefonia móvel pré-paga ficaram no topo dos índices de satisfação, com uma nota média de 7,82.

De acordo com Paulo Henrique Silva, gerente comercial do Conectel Telecom Multioperadora, “é importante as empresas se aterem ao fato de que conectividade via internet e telecomunicação devem andar de mãos dadas”. Segundo ele, é preciso que o atual ambiente corporativo esteja atento à importância de aliar conexão de dados via internet ligada à telefonia móvel e aos sistemas de PABX. “Ao unir esses serviços, todos ganham porque os preços caem e a produtividade aumenta”, conclui.

Para maiores informações, é possível acessar o portal www.conecteltelecom.com.br






Website: http://www.conecteltelecom.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »