06/09/2022 às 09h57min - Atualizada em 06/09/2022 às 10h20min

Space Compass e Skyloom assinam termo de compromisso para levar serviços de retransmissão óptica de dados ao mercado de observação da Terra

DINO


A Skyloom e a Space Compass (um novo empreendimento conjunto entre a NTT e a SKY Perfect JSAT) anunciaram hoje que assinaram um termo de compromisso com o intuito de lançar o primeiro serviço de retransmissão de dados com base geoestacionária (GEO) na Ásia, que aprimorará a comunicação de ponta e os sistemas de rede da Skyloom para a transferência de dados de alta capacidade e em tempo real diretamente na nuvem para servir ao mercado de observação da Terra (EO, Earth Observation) em rápido crescimento. As empresas planejam empregar o primeiro nodo de infraestrutura de redes na Ásia em 2024 e preveem a expansão da constelação GEO a fim de fornecer capacidade adicional e cobertura global até 2026.

Os provedores globais de EO estão ampliando rapidamente suas constelações, criando assim, quantidades enormes de dados, geralmente em órbita terrestre baixa (OTB). O sistema Compass-Skyloom proporcionará uma maneira de transmitir dados EO de forma imediata, com eficiência de custos e diretamente para a nuvem através de um satélite GEO, assim seus clientes e usuários finais podem aproveitar as informações perecíveis em tempo real. O sistema contará com terminais de comunicação a laser/óptica, possibilitando comunicações ópticas sem fibraàvelocidade do negócio. A parceria combina o patrimônio espacial e a experiência operacional da SKY Perfect JSAT, a expertise em telecomunicações da NTT e a inovação de ponta da Skyloom, resultando em arquitetura e serviço conjuntos para o mercado de observação da Terra.

"Esta nova equipe, que aproveita a tecnologia de telecomunicações de ponta e as soluções de infraestrutura da Skyloom, nos possibilitará entregar, de forma conjunta, o melhor serviço aos clientes de observação da Terra", disse Koichiro Matsufuji, co-diretor executivo da Space Compass.

"A Skyloom está animada em unir forças com a Space Compass, fazendo uso dos pontos fortes dos dois líderes em operações e telecomunicações espaciais do mercado. Juntos, esperamos fornecer recursos de transmissão de dados inovadores ao mercado de observação da Terra, e isso só é o início do que está por vir", disse Marcos Franceschini, fundador e diretor executivo da Skyloom Global.

"Com esta parceria, estamos empolgados com a possibilidade de fornecer aos nossos clientes transmissão de dados em tempo real e ultra alta velocidade de maneira muito econômica como um primeiro passo rumo a uma rede não terrestre maior. Acreditamos que a tecnologia de retransmissão óptica de dados é a chave para inovar redes de comunicação e computação em órbita entre GEO, OTB e solo", adicionou Shigehiro Hori, co-diretor executivo da Space Compass.

Sobre a Space Compass Corporation

A Space Compass é um empreendimento conjunto entre a NTT, uma gigante japonesa em TIC, e a SKY Perfect JSAT Corporation, a maior operadora de satélites da Ásia. Lançaremos uma Rede de Computação Espacial Integrada para auxiliar na realização de uma sociedade sustentável. Para mais informações, visite nosso site corporativo, space-compass.com.

Sobre a Skyloom Global Corporation

A Skyloom é uma inovadora de telecomunicações localizada em Oakland, Califórnia, fundada com a missão de desenvolver, empregar e operar uma das peças fundamentais de infraestrutura de comunicação espacial do amanhã para o fornecimento de serviços de transmissão de dados em escala planetária. A empresa otimiza a herança profunda em comunicações ópticas espaciais de forma a possibilitar transmissão de dados em tempo real para que clientes e tomadores de decisão possam aproveitar as informações perecíveis. www.skyloom.co

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Brittany Solano

brittany@jones-dilworth.com


Fonte: BUSINESS WIRE
Notícias Relacionadas »
Comentários »