15/06/2022 às 13h44min - Atualizada em 15/06/2022 às 14h20min

Investidor que sai de small caps pode perder recuperação

O investidor em fundos de ações de empresas menores, ou “small caps”, corre o risco de perder a recuperação dos preços dos papéis ao sair do mercado no pior momento. O alerta é do economista Felipe Bernardi Capistrano Diniz.

DINO
Smallcaps


O investidor em fundos de ações de empresas menores, ou “small caps”, corre o risco de perder a recuperação dos preços dos papéis ao sair do mercado no pior momento. O alerta é do economista Felipe Bernardi Capistrano Diniz. “Tivemos dois anos muito bons em 2019 e 2020, mas 2021 e este ano estão sendo ruins para as empresas menores e menos líquidas”, afirma.

O principal índice da Bolsa de valores brasileira, o Ibovespa, fechou o ano com queda acumulada de 12%. Já o índice Small Caps, composto pelas ações de baixa capitalização da Bolsa, registrou perdas de 16%.

“Quando o investidor compara os fundos small caps com o Ibovespa, acha que está perdendo e opta por retirar o dinheiro, sem enxergar o potencial das empresas que estão nas carteiras, e portanto perde a recuperação dos preços”, diz Felipe Bernardi Diniz.

O aumento nas curvas de juros, responsável também por pressionar papéis do Ibovespa nos últimos meses, influencia em demasiado o índice Small Caps, visto que empresas de setores como varejo, construção e tecnologia são as mais afetadas. Os juros mais altos afetam o poder de compra dos consumidores, na aquisição de produtos e serviços, e das próprias empresas, que muitas vezes precisam recorrer a empréstimos para financiar seu crescimento.

Outro ponto que contribuiu para puxar o índice para baixo foi a desvalorização de ações de companhias que abriram capital em 2021. Ao todo, 21 empresas passaram a compor o SMLL11. E destas, apenas 33% tiveram valorização desde então.

Felipe Bernardi Diniz observa que enquanto os brasileiros resgatam, investidores estrangeiros aumentam aplicações. “Fundos em geral captaram de investidores externos três vezes mais o que tiveram de resgate, o que mostra a diferença de visão dos estrangeiros”.

Alguns gatilhos podem mudar o cenário das Small Caps, conclui Felipe Diniz. “A melhora no ambiente macroeconômico poderia dar início a uma recuperação dos resultados das empresas de menor capitalização. Quando a inflação der sinais de diminuição, as empresas se situarão em um ambiente menos agressivo e deverão mostrar resultados melhores. Muitas ações estão aquém do esperado, justamente porque a economia ainda está andando mais devagar do que gostaríamos”.

Notícias Relacionadas »
Comentários »