01/04/2022 às 12h40min - Atualizada em 01/04/2022 às 12h40min

O RELÓGIO DE PARANHOS DEVE DEFINIR O FUTURO POLÍTICO DE RENATO SILVA

Para ficar apto para concorrer ao Senado Federal ou Vice-Governador, o prazo para Paranhos renunciar termina amanhã, sábado (2)

Clic Paraná
Jheynefer Camargo
Prefeito Paranhos e vice-prefeito, Renato Silva.
Já com o pé na estrada em sua pré-campanha para deputado federal, o vice-prefeito Renato Silva (REPUBLICANOS) tirou o pé do acelerador essa semana, por conta das últimas conversas nos bastidores da política paranaense, que cogita a renúncia do prefeito Leonaldo Paranhos (PSC) para ficar apto para concorrer ao Senado Federal ou integrar a chapa majoritária como vice-governador para reeleição do atual Governador Ratinho Junior (PSD).

Em entrevista coletiva Paranhos afirmou na manhã de hoje, ainda estar analizando a decisão a ser tomada, e que precisa da aprovação de apoiadores e familiares. 

O prefeito pontuou que recebeu um convite do Senador Álvaro Dias, para filiar-se e assumir a presidência do (PODEMOS) e outra para ser candidato a vice-governador. O que justifica a decisão ficar para o final do dia de hoje, ou para amanhã, dia (2).

 

Enquanto o relógio corre, e Paranhos não define, Renato Silva não perde tempo e corre atrás de novas filiações de possíveis candidatos para integrar a chapa proporcional pelo REPUBLICANOS, ao qual é o presidente do diretório em Cascavel. 


Renato Silva afirma que só não será candidato se Paranhos renunciar, se não houver a renúncia pé no acelerador novamente.  

DESINCOMPATIBILIZAÇÃO 

A regra está prevista na Constituição Federal e na legislação eleitoral (artigo 14, 6º e Res-TSE nº 23.609, art. 13), diz que devem renunciar aos respectivos mandatos, ocupantes de cargos públicos, entre eles (prefeitos) que pretendem concorrer a outros cargos diferentes daquele que ocupa, devem renunciar aos respectivos mandatos, para se tornar elegível perante a Justiça Eleitoral – até o dia 2 de abril..    

Os prazos para filiação, desincompatibilização e registro de partidos terminam amanhã sábado (2).

O primeiro turno da eleição de 2022 está marcado para acontecer no primeiro domingo, dia 02 de outubro. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »